Como fechar bons contratos de Design de Interiores?

Comunicação • 22/03/2019


Negociar é Preciso

Deixar de lado a negociação é um grave problema ao fechar um contrato que pode prejudicar sua carreira, como é o caso dos autônomos, responsáveis por executar o serviço, bem como vendê-lo.

A boa notícia é que vender tem muito menos a ver com um dom do que imaginamos. Essa é uma habilidade que pode sim ser aprendida e desenvolvida ao longo do tempo.

Vale lembrar que você já negocia diariamente em seu dia a dia, seja em transações comerciais ou em acordos entre partes.

E quais fatores essenciais você deve pensar quando lida com negociação?

Negociando bons contratos

  • Conheça seu preço

Antes de entrar em qualquer negociação pelos seus serviços de Design de Interiores é importante saber seu preço.

E para calcular esse preço é importante considerar não apenas as horas trabalhadas, mas, também, seus custos e lucro.

Ponha tudo na ponta do lápis ou em softwares específicos para esse fim e saiba exatamente qual o valor que irá entrar na negociação bem como margens para possíveis descontos.

Nesse cálculo, para uma negociação bem-sucedida e clara, não podem faltar, dentre outros:

  • Horas trabalhadas;
  • Imposto e/ou salário;
  • Comissões.

 

  • Conheça as principais objeções

Seu cliente pode ter as mais variadas objeções para se negar a fechar negócio. E uma delas, provavelmente, será o preço.

E isso ocorre por dois motivos. Um deles é ele acreditar ser capaz de realizar o seu serviço sozinho e, assim, economizar.

Se o cliente optar por esses termos, é importante explicar a complexidade e o tempo que serão exigidos.

Mas garanta que as portas não se fechem, porque ele pode voltar atrás na decisão.

O segundo fator está relacionado ao seu trabalho e sua proposta não serem vistos com o devido valor.

Nesse caso cabe a você mostrar as transformações que o Design de Interiores trará para a vida dele.

Essas objeções não são as únicas, por isso, utilize sua experiência para levantar as principais que podem aparecer em seu caminho e se prepare.

  • Saiba ouvir e se comunicar

Saber ouvir é uma habilidade essencial para vendas.

Assim você conseguirá entender as necessidades reais para, posteriormente, apresentar as soluções adequadas.

Além disso, facilitará você reconhecer possíveis objeções de modo a estar preparado para contorná-las.

Uma comunicação eficaz aproxima ambas as partes. Principalmente se transmitir segurança e confiança.

Para quem deseja aprimorar suas habilidades comerciais e de negociação, há, na internet, cursos para autodidatas bem como profissionais que ensinam as mais variadas técnicas.

Gostou deste artigo? Continue acompanhando nosso blog e tenha acesso a mais informações sobre o mundo do Design de Interiores.

Até a próxima!

Leia também
ABD Acadêmico13/03/2019
Comunicação20/03/2019
Comunicação03/09/2019
ABD Acadêmico17/10/2018
Patrocínio
ACESSO RESTRITO