Regulamento Láurea Maxima 2019

A Associação Brasileira de Designers de Interiores – ABD, com sede na capital do Estado de São Paulo, inscrita no CNPJ sob o nº 45.292.224/0001-52, realiza o CONCURSO LÁUREA MÁXIMA BRASIL DESIGN DE INTERIORES 2019. Este Concurso possui caráter meramente cultural, não se sujeitando a quaisquer fatores aleatórios, modalidades de sorteio ou pagamento pelos participantes, nem vinculação destes ou dos contemplados à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço, sendo dispensado de autorização, nos termos do Artigo 3º, II, da Lei Nº 5.768/71 devidamente regulamentada pelo Decreto Nº 70.951/72.

 

  1. PARTICIPAÇÃO

 

  • A participação é aberta aos estudantes formandos que tenham desenvolvido seu TCC – Trabalhos de Conclusão de Curso ou Projeto de Conclusão de Curso[1], em cursos superiores (bacharelados e tecnológicos) e, de nível médio (técnicos) na área de Design de Interiores (e denominações correspondentes) no ano de 2018, em instituições brasileiras devidamente autorizadas pelo Ministério da Educação – MEC ou reconhecidas pelas Secretarias de Educação de seus respectivos Estados;

 

  • Os trabalhos – projetos de design de interiores - serão sempre individuais, não se aceitando a participação dos elaborados em equipe, mesmo que parcialmente;

 

  • Os projetos devem necessariamente obedecer aos critérios e à orientação didática dos respectivos cursos no que se refere a tema, conteúdo, área e desenvolvimento, devendo necessariamente constituir-se como um PROJETO de design de interiores[2].

 

  1. INSCRIÇÃO

 

  • A inscrição é feita em três fases:

 

  • FASE 1: CREDENCIAMENTO DE CURSOS, PROFESSORES E ESTUDANTES

 

  • Caberá a cada Curso, através da Coordenação ou Direção Acadêmica, acessar a página do concurso (http://abd.org.br/laurea-maxima) e fazer a inscrição da instituição, de todos os professores da área de projeto de interiores da instituição para serem convidados a compor listas de docentes a serem sorteados como membros das Comissões Julgadoras, bem como de todos os formandos que desenvolveram seu projeto de conclusão do curso, por período (2018/1 e 2018/2), até a data limite de 23h59min de 30 de março de 2019;

 

  • A inscrição será feita através do preenchimento e envio da ficha de cadastro para o e-mail eventos@abd.org.br;

 

  • A confirmação do credenciamento se dará através de e-mail da Comissão Organizadora do Concurso à instituição, aos professores e aos estudantes cadastrados;

 

  • Não participarão das próximas fases, estudantes e professores não cadastrados na primeira fase;

 

  • FASE 2: INDICAÇÃO DOS TRABALHOS SELECIONADOS

 

  • Caberá a cada Curso, através da Coordenação ou Direção Acadêmica, selecionar 30% do número total de discentes que tiveram seus trabalhos de conclusão de curso aprovados no ano de 2018, para participar da edição do Concurso Láurea Máxima Brasil Design de Interiores 2019;

 

  • Este percentual, se número racional, será sempre arredondado para o número natural imediatamente superior;

 

  • Cursos com número inferior a 10 trabalhos aprovados por ano têm direito a indicar três projetos;

 

  • A pré-inscrição e a indicação deve ser feita através do envio dos nomes completos dos selecionados para o e-mail eventos@abd.org.br até o prazo limite de 23h59min do dia 30 de março de 2019;

 

  • FASE 3: EFETIVAÇÃO DE INSCRIÇÃO

 

  • No dia 02/04/2019, os professores inscritos e os formandos selecionados pela instituição, receberão um e-mail da organização do Concurso para efetivar sua inscrição;

 

  • Caberá ao professor efetivar sua inscrição para fazer parte dos sorteios que comporão a comissão julgador da primeira e da segunda etapa do concurso;

 

  • Caberá ao autor de cada projeto efetivar sua inscrição, e enviar os arquivos conforme cláusula 3, para o e-mail eventos@abd.org.br, até as 23h59min do dia 15 de abril de 2019;

 

 

  1. APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS

 

  • Todos os trabalhos inscritos deverão seguir as normas gerais de apresentação definidas a seguir:

 

  • Projeto: deve ser apresentado em um único arquivo digital, no formato pdf, com até 30 MB, com no máximo 10 (dez) pranchas A2 da ABNT (42 X 59,4cm), orientação PAISAGEM. Todas as pranchas deverão ter o código, enviado pela organização no dia 02/04/2019 no canto inferior esquerdo e ser numeradas no canto inferior direito ou esquerdo, 1/10, 2/10, 3/10, 4/10 e assim sucessivamente, indicando o seu número e o número total de pranchas.
    Ver diagrama a seguir:

 

 

  • O título do trabalho[3] deverá constar obrigatoriamente da primeira prancha (1/...), podendo, se o autor julgar conveniente, estender-se às demais;

 

  • Informações necessárias à compreensão do trabalho e que não impliquem na sua identificação devem ser apresentadas na Prancha 1 (programa, briefing - território, função e perfil do usuário, conceito). No entanto, nas pranchas não poderão aparecer o nome ou o logotipo do autor, orientador, universidade, curso ou escola e assinatura de desenhos que possibilitem a identificação do trabalho;

 

  • Todos os textos, memoriais, explicações ou especificações complementares deverão constar obrigatoriamente nas pranchas, não podendo ser entregue texto avulso para fins de avaliação;

 

  • As pranchas devem ser consideradas independentes para fins de apresentação e leitura, não devendo ser utilizado o recurso de continuidade do desenho de uma para outra para fins de visualização completa do objeto;

 

  • É permitida a inclusão de crédito para fotos cuja autoria pertença a fotógrafo profissional;

 

  • Resumo do trabalho[4]: deverá ser enviado em arquivo digital à parte, no formato .pdf, com no máximo 1 MB e no máximo 80 linhas, texto elaborado pelo Professor Orientador ou pela Banca Examinadora da instituição, onde constem os dados necessários para a compreensão do projeto proposto pela instituição e suas exigências de apresentação: indicação do território (localização, suas características físicas e culturais, orientação e demais dados de interesse), função (a destinação dos espaços quanto às funções e atividades) e público alvo (o perfil do usuário);

 

  • O resumo será submetido à análise da Comissão Julgadora, não devendo ser assinado e dispensando qualquer elemento de identificação, exceto o título do trabalho e o número de inscrição;

 

  • Para fins de identificação da origem de autoria do resumo, no final do texto deverá ser inserido o cargo/função do seu autor para posterior nomeação na etapa final (Ex. Professor Orientador, Membro da Banca Examinadora, Coordenador ou Diretor Acadêmico);

 

  • Texto para divulgação: deverá ser enviado em arquivo digital à parte, no formato .pdf, com no máximo 1 MB e no máximo 30 linhas, texto com breve descrição do trabalho pelo, destinado exclusivamente à posterior divulgação. Esse texto deverá ser a síntese explicativa do trabalho final de graduação e não será submetido à análise da Comissão Julgadora;

 

  • Não será permitida a apresentação de trabalhos audiovisuais, vídeos, com animação e/ou semelhantes, bem como material descritivo ou levantamento de dados, em separado. O campo de expressão do autor constitui apenas as dez pranchas. Os trabalhos maiores deverão ser resumidos nas dez pranchas; os desenvolvidos em processos não convencionais deverão ser transpostos para duas dimensões (exemplo: maquetes poderão ser fotografadas), desde que garantida pela instituição a fidelidade ao trabalho aprovado;

 

  • Respeitadas as restrições de número, tamanho e diagramação básica, a apresentação é livre, assim como a organização das pranchas, permitindo-se o uso de qualquer técnica de desenho (manual ou digital), plotagem, fotografia, colagem, maquete eletrônica e outras mídias, sendo obrigatório o uso da cor nos desenhos, evidenciada a ambiência proposta pelo autor;

 

  • O concorrente deverá atentar para a legibilidade dos textos e desenhos que possibilitem a sua perfeita compreensão e avaliação.

 

  • Após o recebimento e da conferência dos arquivos, a confirmação da inscrição será feita por e-mail para o autor do projeto, até a data limite de 26 de abril de 2019;

 

 

  1. COMISSÕES JULGADORAS

 

  • Para cada uma das etapas (Primeira Etapa e Etapa Final), serão três as Comissões Julgadoras dos projetos, uma para cada nível de curso: bacharelado, tecnológico e técnico;

 

  • Os sorteios para as comissões serão realizados na sede da ABD, no dia 10 de maio de 2019;

 

  • Serão sorteados (5) titulares;

 

  • Os nomes dos componentes titulares da Primeira Etapa, serão divulgados na página do concurso, até o dia 16 de maio de 2019;

 

  • Cada Comissão Julgadora será composta por docentes oriundos de cursos dos mesmos níveis aos dos trabalhos em avaliação;

 

  • As Comissões Julgadoras, serão compostas por docentes sorteados das listas de professores com a qualificação indicada, em cada nível; seus suplentes serão igualmente sorteados na mesma lista, não podendo haver em cada uma das Comissões mais de um professor sorteado por instituição;

 

  • Em caso de necessidade devido ao volume de trabalhos na primeira Etapa, poderão ser estabelecidas mais de 05 membros por Comissão Julgadora;

 

  • As três Comissões Julgadoras da Primeira Etapa serão responsáveis pela escolha dos semifinalistas nos três níveis, através de avaliação online dos trabalhos;

 

  • As três Comissões da Etapa Final serão responsáveis pela classificação dos finalistas nos três níveis, através de avaliação online dos trabalhos, não podendo compor a banca nenhum docente oriundo de instituição semifinalista;

 

  • Após a verificação dos membros das comissões da Etapa final, seus nomes serão confirmados 10 dias antes do início das avaliações da etapa final;

 

  • Poderá a Presidente da ABD, a seu critério, participar das comissões avaliadoras da Etapa Final;

 

  • Em caso de impossibilidade de composição das Comissões por 5 titulares e 5 suplentes, tanto na Primeira Etapa quanto na Etapa final, essas funcionarão com o número mínimo de 3 componentes;

 

  • As instruções e os formulários de avaliação serão encaminhados aos membros nas vésperas do início da avaliação dos trabalhos;

 

 

  1. PROCESSO SELETIVO E AVALIAÇÃO

 

  • O processo seletivo se dará em três fases:

 

  • Seleção interna na instituição de ensino dos melhores trabalhos finais de conclusão de curso, com o percentual máximo de 30% do número total de discentes que tiveram seus TCCs aprovados no ano de 2018;

 

  • Na Primeira Etapa, avaliação online pelas Comissões Julgadoras em nível nacional para seleção dos projetos semifinalistas:

 

  • Seleção de até 10 melhores projetos de cada um dos níveis dos cursos participantes, totalizando até 30 projetos semifinalistas;

 

  • A avaliação da Primeira Etapa se dará de 16 a 30 de maio de 2019;

 

  • Na Etapa Final, avaliação online pelas Comissões Julgadoras em nível nacional para seleção dos projetos finalistas;

 

  • Seleção, entre os 30 semifinalistas, dos 3 melhores projetos de cada um dos níveis dos cursos participantes, totalizando até 9 projetos finalistas;

 

  • A avaliação da Etapa Final se dará de 03 a 15 de junho de 2019;

 

  • Em ambas as Etapas, será atribuída pontuação e justificativa para cada um dos quesitos dos itens de avaliação;

 

  • Os critérios de desempate do resultado serão dados pela média obtida pelo trabalho no item b) Concepção do projeto, coerência entre conceito e partido; o critério subsequente, se necessário, será dado pela média obtida no item c) Criatividade, viabilidade e exequibilidade de solução;

 

  • As tabelas com as notas dos 10 finalistas, de acordo a cada quesito e de acordo a cada membro da Comissão Julgadora serão enviadas aos autores e às instituições após a cerimônia de premiação em que se conhece oficialmente os vencedores, ratificando-se com esse item a transparência dos resultados.

 

  • As decisões das Comissões de Avaliação serão fundamentadas e delas não caberão recursos.

 

 

  1. CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

 

  1. Serão adotados os seguintes critérios de avaliação, para todos os trabalhos participantes que estejam em conformidade com as exigências deste regulamento:

 

  1. Programa, briefing e o conceito do projeto;
  2. Concepção do projeto, coerência entre conceito e partido;
  3. Criatividade, viabilidade e exequibilidade de solução;
  4. Atendimento ao conceito de design universal;
  5. Eficiência energética e atendimento aos conceitos de sustentabilidade;
  6. Conforto térmico, acústico, lumínico;
  7. Representação gráfica, apresentação e comunicação do projeto.

 

 

 

  1. DIVULGAÇÃO DOS SEMIFINALISTAS

 

  • Realizada a seleção da Primeira Etapa, será encaminhado pela Comissão Organizadora, até o dia 03 de maio de 2019, e-mail aos Coordenadores de Curso, Diretores Acadêmicos, autores e Professores Orientadores com os resultados;
  • Dia 03 de junho, serão divulgados no site abd.org.br/laurea-maxima, os nomes das instituições que tiverem seus trabalhos entre os semifinalistas;

 

  1. DIVULGAÇÃO DOS FINALISTAS E VOTAÇÃO ABERTA
    • Serão divulgados no site abd.org.br/laurea-maxima, os três primeiros trabalhos classificados (finalistas) em cada um dos níveis (totalizando 9 projetos) no dia 20 de junho de 2019;

 

  • Os projetos finalistas estarão disponibilizados online para apreciação e votação aberta ao público no período de 30 de junho e as 23h59min a 30 de julho de 2019;

 

  • Os votos serão dados contra inserção de número de CPF, e preenchimento de dados de profissão e indicação de cidade de origem do eleitor;

 

  • Os votos de associados à ABD de qualquer categoria (profissional, estudante ou professor), devidamente comprovados mediante a indicação do número de registro da ABD - terão peso 2; os votos do público em geral terão peso 1.

 

  1. DIVULGAÇÃO DOS RESULTADOS E PREMIAÇÃO

 

  • A divulgação da classificação dos trabalhos vencedores, assim como a identificação do trabalho vencedor na votação aberta ocorrerão em cerimônia específica de premiação Edição 2019 do CONCURSO LÁUREA MÁXIMA BRASIL DESIGN DE INTERIORES, a realizar-se durante a 12ª edição do CONAD – Congresso Internacional de Design de Interiores, em horário e local a serem definidos oportunamente;

 

  • Instituições de ensino responsáveis pelos trabalhos finalistas receberão certificados eletrônicos conferidos pela ABD;

 

  • Os professores membros efetivos das Comissões Julgadoras, os Autores e Professores Orientadores dos projetos semifinalistas, receberão certificados eletrônicos de participação;

 

  • Os projetos finalistas serão publicados nas redes sociais ABD e no site http://abd.org.br/laurea-maxima, entre outros meios a serem definidos a critério da Comissão Organizadora;

 

  • Os nove finalistas receberão o certificado emitido pela ABD, o Troféu ou Placa Láurea Máxima Brasil Design de Interiores e a viagem para São Paulo, com 02 pernoites durante o DW, incluindo passagem aérea e hospedagem, sem direito a acompanhante;

 

 

  1. DISPOSIÇÕES GERAIS

 

  • Não há impedimento de participação de trabalhos que tenham concorrido em outras premiações regionais, nacionais e internacionais, porém não serão aceitos aqueles premiados em outros concursos, exceto os TCCs premiados no âmbito interno da própria Instituição de ensino;

 

  • Trabalhos que possam ser configurados como plágio, por evidente similaridade em tema, implantação, solução, dentre outros itens, serão automaticamente desclassificados;

 

  • A simples entrega dos trabalhos implica no conhecimento e aceitação de todas as condições e normas deste regulamento e dos seus resultados, renunciando o autor e/ou Professor Orientador e/ou instituição a quaisquer ações judiciais, interpelações e/ou recursos;

 

  • Ao inscrever-se neste Concurso, nos termos deste regulamento, os participantes estarão automaticamente reconhecendo e aceitando expressamente que a ABD não é responsável, nem poderá ser responsabilizada, por qualquer dano ou prejuízo oriundo desta participação ou da eventual aceitação do prêmio;

 

  • Serão desclassificados, em qualquer fase do concurso, os autores e projetos que não cumprirem todas as exigências deste regulamento;

 

  • Em caso de necessidade e com objetivo de garantir os trabalhos de avaliação dentro dos prazos estabelecidos, pode a Presidente do ABD Acadêmico delegar a um ou mais conselheiros a participação nas Comissões Julgadoras em qualquer das etapas;

 

  • A premiação atribuída aos projetos não será suscetível de recursos ou impugnações, estando os participantes cientes e de acordo que os possíveis prêmios divulgados serão cedidos pelos patrocinadores do concurso, sendo, portanto, de seu total responsabilidade;

 

  • Prova de envio não será considerada prova de recebimento pela Comissão Organizadora que não se responsabiliza por nenhum problema técnico, defeitos de qualquer linha telefônica, sistemas de computadores, servidores, provedores, hardware/software, perda ou indisponibilidade de conexão de rede ou transmissão de computador com falha, incompleta, adulterada ou atrasada ou qualquer combinação destas que possa limitar a capacidade do usuário de participar do Concurso; não se responsabiliza ainda por qualquer dano a qualquer sistema/software de computador ou telefone celular do participante relacionado a ou decorrente da participação ou download de quaisquer materiais deste Concurso; não assume nenhuma responsabilidade por e-mails não entregues resultantes de qualquer forma de filtragem ativa ou passiva de e-mails por parte do provedor de serviços de Internet e/ou cliente de e-mail do usuário ou por espaço insuficiente na conta de e-mail do usuário para receber/enviar e-mail;

 

  • Todos os autores e Professores Orientadores, premiados ou não, concordam em ceder os direitos de publicação dos trabalhos apresentados em qualquer meio de divulgação, bem como permitem a utilização de seus nomes e imagens para divulgação deste concurso e dos seus resultados em qualquer órgão de comunicação, sem qualquer ônus para as partes envolvidas;

 

  • O presente regulamento e a sua premiação poderão ser alterados e/ou o concurso suspenso ou cancelado, a qualquer tempo e por qualquer motivo sem que a ABD seja por esse motivo responsabilizada; nesta situação, a ABD comunicará aos participantes por meio de divulgação em seu site http://abd.org.br/laurea-maxima;

 

 

  • Todos os casos omissos, dúvidas e/ou questões surgidas neste concurso serão solucionadas pela ABD e parceiros da ação, considerando a legislação em vigor. Das decisões da ABD não caberá nenhum tipo de recurso, sendo sua decisão soberana e irrecorrível e irrevogável;

 

  • Fica eleito o Foro da Cidade de São Paulo, Estado de São Paulo, para dirimir eventuais questionamentos do presente concurso, com exclusão de qualquer outro, por mais privilegiado que seja;

 

 

  1. CRONOGRAMA

 

  • 08/01 a 30/03/2019 – Pré-inscrição e indicação dos projetos selecionados, pela instituição;
  • 02/04/2019 - Estudantes e professores inscritos pela instituição, receberão da organização, um e-mail, com os direcionamentos para efetivar sua participação;
  • 02/04 a 15/04/2019 – Prazo para estudantes e professores efetivarem sua participação;
  • 10/05/2019 - Sorteio dos professores que farão parte das comissões julgadoras;
  • 10/05/2019 - Divulgação dos membros e das comissões julgadoras;
  • 16 a 30/05/2019 - Avaliação da Primeira Etapa;
  • 03/06/2019 - Divulgação dos resultados da primeira etapa;
  • 03 a 15/06/2019 - Avaliação dos projetos da Etapa final;
  • 20/06/2019 - Divulgação dos finalistas;
  • 30/06 a 30/07/2019 - Votação aberta;

22/08/2019 - Evento de premiação;

[1] São acolhidos os trabalhos finais, elaborados em disciplinas de último período, muitas vezes sem uso de nome específico.

[2] Não são aceitos projetos de mobiliário de desenho exclusivo ou seriado, entendendo-se que o design de interiores se refere sempre a um ambiente.

 

[3]  Refere-se ao título do projeto, conforme consta nos desenhos praticados na instituição. Exemplos: Clínica Santa Marta; Hotel da Serra do Mar; Escola de Albuquerque; Sapataria Afrânio.

[4] O objetivo deste item, também chamado escopo do projeto, é dar uma visão de conjunto sobre as exigências do trabalho em cada instituição, devido à possibilidade de que a remessa integral do projeto talvez não seja possível, devendo - autor e Professor Orientador - realizarem uma seleção e uma adaptação ao formato exigido no Concurso, garantida a fidelidade ao trabalho aprovado, responsabilidade do Coordenador ou Diretor Acadêmico da instituição.

 

Patrocínio
ACESSO RESTRITO